Mais de 85% da população baiana já fez o recadastramento biométrico da Justiça Eleitoral

Com informações do BN

Mais de 85% do eleitorado baiano já fez o cadastro biométrico pela Justiça Eleitoral. Com este número, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) figura em primeiro lugar no país entre os de grande porte, a realizar a biometria da população. No ranking geral com todos os portes, o TRE-BA é o segundo com maior número de eleitores cadastrados, ficando atrás apenas de São Paulo.

Conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Bahia possui atualmente 85,14% (8,8 milhões) do eleitorado biometrizado. Há um ano, em 2018, o percentual de eleitores com identificação biométrica era 65,76% (6,8 milhões). Na Bahia, existem 10,3 milhões de eleitores. Atualmente, 281 municípios estão em fase de revisão biométrica. Nas eleições municipais do próximo ano todas as cidades baianas deverão realizar a votação por identificação biométrica. A meta, até fevereiro de 2020, é garantir que 100% do eleitorado baiano seja biometrizado, e o eleitor que não comparecer dentro desse prazo, terá o título cancelado.

Desde maio deste ano, o TRE-BA realizou o recadastramento biométrico de mais de um milhão de eleitores. Para o presidente do Órgão, desembargador Jatahy Júnior, o bom desempenho alcançado é atribuído a uma série de ações para aproximar a Justiça Eleitoral do cidadão, entre elas a priorização do atendimento por hora marcada. “É um desafio muito grande, porém nos preparamos para isso, é um trabalho que tem como princípio maior o respeito à cidadania. Além do agendamento para todas as cidades, criamos o mutirão e o caminhão da biometria, que nos possibilitam atender melhor aquele eleitor que não pode se dirigir ao cartório ou posto convencional de atendimento”.

O recadastramento biométrico pode ser agendado por telefone (0800 071 6505) ou Whatsapp (71-3373-7223) ou pelo site (agendamento.tre-ba.jus.br), telefone. O agendamento é válido para todo o estado. É importante que o solicitante leia com atenção todas as informações do comprovante de agendamento. O eleitor também pode optar pelo atendimento espontâneo, sem hora marcada, comparecendo diretamente ao cartório ou posto da Justiça Eleitoral.  Os documentos para fazer o cadastro biométrico são: documento oficial de identificação com foto, comprovante de residência atual e o título de eleitor (se o tiver). Para homens com idade entre 18 e 45 anos que, além de fazer a biometria, vão solicitar o primeiro título de eleitor, é necessário levar também um documento que comprove a quitação junto a Justiça Militar.

Comentários

comentários