Após ser vaiada por ‘briga com Anitta’, Lumilla ganha maior prêmio e chora em discurso

Com informações do BN/Foto: Divulgação

A 26º edição do Prêmio Multishow aconteceu na noite desta terça-feira (29) e, como de costume, reuniu artistas dos mais diversos seguimentos. Comandado por Anitta e Paulo Gustavo, o evento – marcado por erros no áudio e confusão de informações dos apresentadores – teve Ludmilla como protagonista da noite.

A primeira “torta de climão” aconteceu logo no início, durante o anúncio da “Música Chiclete”. Isso porque a vencedora foi “Onda Diferente”, canção responsável pela briga entre as duas cantoras (reveja aqui). Ludmilla recebeu o troféu ao lado do Papatinho e, por não mencionar a colega no agradecimento, foi vaiada por parte do público. Como resposta, rebolou de costas para os gritos.

Paulo Gustavo, que estava sem a companheira de apresentação no momento, tentou amenizar a situação. “Você é uma mulher negra, gay, periférica. Não é fácil chegar aonde você chegou. Você inspira milhares de pessoas”, disse.

Em seguida, as duas tiveram mais uma oportunidade de se encontrarem no palco, mas novamente não ocorreu. Disputando com Anitta, Iza, Ivete e Marília Mendonça, Ludmilla levou a melhor e faturou o troféu de “Melhor Cantora”. Surpresa com a vitória, ela não segurou as lágrimas.

“Tenho que agradecer a Deus. Esse choro é de uma luta grande que estava presa dentro de mim. Quero dizer para todas as meninas que nunca deixem ninguém falar. Se vocês têm um sonho, lutem como uma garota”, frisou. Depois, lembrou-se dos fãs, da família e emendou: “Quero agradecer até as vaias. Elas me fazem pensar no que eu gostaria que fizessem ou não com as pessoas”.

NÃO DEU PARA A BAHIA

Ivete Sangalo e BaianaSystem saíram da premiação sem faturar em nenhuma das categorias que foram indicados. Como relatado no início do texto, a juazeirense não levou em “Melhor Cantora”. Já o grupo foi derrotado nas três categorias que concorria. São elas: “Disco do Ano”, “Canção do Ano” e “Grupo do Ano”. Vale dizer que Ivete ainda subiu ao palco com Iza e, juntas, cantaram “Brisa” e “Mainha Gosta Assim”.

Cantor do ano: Dilsinho, Ferrugem, Gabriel Diniz (In Memorian), Gusttavo Lima e Wesley Safadão

Cantora do ano: Anitta, Ivete Sangalo, Iza, Ludmilla e Marília Mendonça

Música do ano: Atrasadinha (Felipe Araújo com participação de Ferrugem), Dona de Mim (Iza), Jenifer (Gabriel Diniz), Péssimo Negócio (Dilsinho) e Todo Mundo vai Sofrer (Marília Mendonça)

Música Chiclete do ano: Atrasadinha (Felipe Araújo com participação de Ferrugem), Bola Rebola (Anitta, Tropkillaz e J. Balvin com participação de MC Zaac), Jenifer (Gabriel Diniz), Medley da Gaiola (Mc Kevinho o Chris e Dennis), Onda Diferente (Anitta, Ludmilla e Snoop Dogg, com participação de Papatinho)

Show do ano: BaianaSystem, Gusttavo Lima, Marília Mendonça, Thiaguinho e Tribalistas

Grupo do ano: Atitude 67, BaianaSystem, Melim, Sorriso Maroto e Turma do Pagode

Dupla do ano: Anavitória, Jorge & Mateus, Matheus & Kauan, Simone & Simaria e Zé Neto e Cristiano

Fiat Argo Experimente: Duda Beat, Jão, Lagum, Malia e Vitão

Clipe TVZ do ano: Amor Bandido (Lexa e MC Kekel); Bem Pior Que Eu (Marília Mendonça); Garupa (Luísa Sonza, Pabllo Vittar); Terremoto (Anitta & Kevinho); Vingança (Luan Santana ft Mc Kekel)

Canção do ano: Amarelo (Emicida part. Majur e Pabllo Vittar), Hoje Eu Vou Parar na Gaiola (MC Livinho part. DJ Rennan da Penha), Sulamericano (BaianaSystem)

Disco do ano: Abaixo de Zero: Hello Hell (Black Alien), Ladrão (Djonga), O Futuro Não Demora (BaianaSystem)

Revelação do ano: Duda Beat, Mc Tha, Josyara

Comentários

comentários