Estado registra novos casos de sarampo; Camaçari e Santo Amaro apresentam a doença

    Novos casos de sarampo foram registrados no estado da Bahia, segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). A informação foi divulgada nesta segunda-feira (4). No estado, 26 pacientes foram diagnosticados com a doença. Até o dia 26 de outubro foram notificados 616 casos suspeitos de sarampo. Desse total, 314 foram descartados (51%), 26 foram confirmados (4%) e 276 (45%) estão em investigação.

    Conforme a Sesab, oito municípios baianos apresentaram casos da doença: Andorinha (1),
    Camaçari (1), Gandu (5), Ituberá (2), Jacobina (1), Palmeiras (1), Salvador (2) e Santo Amaro (13).

    Treze casos de sarampo foram confirmados no município de Santo Amaro, no recôncavo baiano. Além de Santo Amaro, um caso de sarampo foi registrado em Camaçari, na região metropolitana de Salvador.  De acordo com a Sesab, o paciente de possui histórico de deslocamento para outros três estados com surto de sarampo. O caso foi identificado em uma criança de 4 anos, com esquema vacinal incompleto.

    O novo caso registrado na capital baiana foi verificado em um homem de 26 anos. Já em Santo Amaro, uma menina de 12 anos foi diagnosticada com a doença. Segundo a Sesab, ambos os casos os pacientes não eram imunizados.

    Devem ser vacinados os bebês de seis meses a 1 ano, que tomarão a chamada “dose 0”. As crianças de 1 a 5 anos devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses. Em caso de aplicação de apenas uma das doses, é preciso se dirigir aos postos para realizar o complemento da segunda.

     

    Comentários

    comentários