Defesa de Lula pede para ex-presidente deixar prisão após decisão do STF

Com informações do BN

A defesa do ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu à Justiça, nesta sexta-feira (8), que ele deixe a prisão, de acordo com o G1. O advogado Cristiano Zanin se reuniu com o petista na sede da Polícia Federal (PF), em Curitiba.

O pedido ocorre um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a prisão de condenados em segunda instância.

A maioria dos ministros decidiu que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (fase em que não cabe mais recurso) e que a execução provisória da pena fere o princípio da presunção de inocência. O STF, inclusive, divulgou no fim da manhã a ata da sessão.

Comentários

comentários