Mais de 100 mil se inscrevem para concurso da PM e Corpo de Bombeiros

As inscrições do concurso público para corporações da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia receberam 112.335 submissões. Do total, 99.560 são para o cargo de soldado da PM e 12.775 para o Corpo de Bombeiros Militar. Para o edital 02/2019, o Governo do Estado oferta 1.250 vagas (mil para soldado da Polícia Militar e 250 para o Corpo de Bombeiros Militar), com ingresso em 2020.

As vagas da Polícia Militar foram recebidas 70.468 inscrições de homens e 29.092 de mulheres – sendo 30.707 para negros e 10.594 para negras. Já para as oportunidades no Corpo de Bombeiros, foram registradas 8.399 inscrições de homens e 4.376 de mulheres, sendo 3.351 de negros e 1.495 de negras. Além destas 1.250 vagas já distribuídas, serão providas pela convocação outras 1.250 vagas no ano de 2021 entre os candidatos classificados, totalizando 2,5 mil oportunidades.

Segundo a Secretaria de Administração do Estado (Saeb), os maiores números de inscritos para a PM foram registrados em Salvador, com um total de 25.432 candidatos. O mesmo se repete para o Corpo de Bombeiros, com 4.584 inscrições para a capital e Região Metropolitana.

O certame é composto por duas etapas: a primeira conta com provas objetivas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos. Já a segunda etapa compreende prova discursiva. As duas têm caráter eliminatório e classificatório. As provas serão aplicadas em janeiro de 2020, nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba, à escolha do candidato. Candidatos que necessitarem de condições especiais para realização das provas, como lactantes, devem observar as regras previstas em edital. O certame terá validade de um ano, prorrogável por igual período.

O candidato aprovado irá ingressar no quadro das corporações como aluno soldado. Após o curso de formação, o soldado será lotado para região de sua escolha. O soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar terão carga horária de 40 horas semanais.

 

Comentários

comentários