Missa marca 30 dias da morte de motoristas de aplicativo

Com informações do A Tarde/Foto: Uendel Galter

Uma missa pelos 30 dias da morte dos quatro motoristas de aplicativo assassinados em um chacina foi celebrada nesta terça-feira (13), na Catedral Basílica, no Terreiro de Jesus,em Salvador. A celebração, que foi presidida pelo arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, contou com a presença de familiares das vítimas, amigos e profissionais da categoria. Um membro de cada família das vítimas foi convidado a acender uma vela, no altar da igreja, em homenagem às vítimas da chacina.

As vítimas são Alison Silva Damasceno dos Santos, 27 anos, Daniel Santos da Silva, 31 anos, Genivaldo da Silva Félix, 48 anos, e Sávio da Silva, 23 anos, foram homenageadas durante a celebração.

Crime 

Quatro motoristas de aplicativos foram encontrados mortos na manhã do dia 13 de dezembro, no Jardim Santo Inácio. Eles foram assassinados após aceitarem corridas que tinham a localidade como ponto de partida. Os corpos das vítimas tinham sinais de tortura e estavam enrolados em lonas de plástico.

 

Comentários

comentários