Felipe Folgosi coleciona inúmeros elogios com sucesso de HQs de sua autoria

Para bom entendedor meia palavra basta! Esse é um ditado popular famoso, que exprime bem, que nem sempre é necessário um grande discurso para transmitir uma mensagem ou para fazer com que as pessoas entendam.

Foto: Carla Formanek

 

Seguindo fielmente, a proposta desta referência que é possível caracterizar a grande quantidade de comentários emocionados dos leitores das Histórias em Quadrinhos (HQs) do ator e roteirista brasileiro, Felipe Folgosi.

Sua obra mais recente, com o título “Knock Me Out”, ainda está no “forno”, mas em breve estará disponível para matar a curiosidade dos fãs. Enquanto isso o Felipe Folgosi coleciona inúmeros elogios por suas demais HQs: “Aurora”, lançado em 2015, seguida de “Comunhão” em 2017, “Um Outro Dia” em 2018 e por último “Chaos” em 2019.

Mesmo sendo sempre discreto quando fala de suas próprias obras, o talentoso Felipe Folgosi não resistiu e compartilhou em suas redes sociais alguns dos principais depoimentos de pessoas que adquiriram seus HQs e fizeram questão de expressar as melhores referências. Mas, afinal qual a fórmula deste sucesso? Para responder esta pergunta, basta entender, por exemplo, a trama narrada em “Knock Me Out”, a HQ que será lançada em breve. De acordo com o autor a HQ pode ser definida da seguinte forma:

Trata-se da história de Tom Rocco, um lutador brasileiro de jiu-jitsu, que vai para os Estados Unidos em busca de seu próprio caminho. Além de ser um excelente lutador, Tom começou a fazer grafite ainda adolescente, e acabou desenvolvendo um estilo pessoal em obras incríveis, mas que ele deixa escondidas do mundo, para ninguém ver. Essas duas formas de expressão, a arte marcial e a plástica, são as válvulas de escape que ele tem para lidar com seus conflitos internos, principalmente a solidão. Mas, como em toda boa história, Tom chega em uma encruzilhada.

Ao mesmo tempo que recebe o convite para lutar no maior campeonato de MMA do mundo, conhece Natalie, uma médica que ilumina sua vida e acabam se apaixonando. Ao descobrir como é brutal e perigosa essa competição, Natalie pede que Tom se afaste desse universo violento e invista em seu talento como pintor. Agora Tom precisa decidir que caminho seguir para descobrir seu verdadeiro eu, se tornar o melhor lutador do mundo ou ficar com o amor de sua vida.

Fonte:BAIANA FM/Portal Notícias

Comentários

comentários