Arsenal atropela turcos, mas vê alemães em 1º do grupo

Com grande desempenho do meia galês Aaron Ramsey, autor de dois gols e uma assistência, o Arsenal terminou a primeira fase da Liga dos Campeões atropelando o Galatasaray, mas não pôde ser líder do Grupo D. Nesta terça-feira, o time inglês fez 4 a 1 em partida na Turquia, mas viu o Borussia Dortmund terminar na primeira colocação, apesar de tropeçar em casa e ficar no 1 a 1 contra o Anderlecht.

Os dois times terminaram com 13 pontos, mas os alemães levaram vantagem pelo salvo de gols – o Arsenal precisaria fazer seis gols para ir ao primeiro lugar. O Grupo D já chegou à última rodada definido: os dois classificados apenas brigaram para determinar as posições finais. No terceiro lugar também já era do Anderlecht, que vai jogar a Liga Europa a partir de agora, enquanto que o Galatasaray se despede na última posição.

Desta forma, ambos os times aguardam a definição dos adversários das oitavas de final, em sorteio que será realizado pela Uefa em 15 de dezembro.

O Arsenal precisou de apenas 45 minutos para construir a vitória sobre o Galatasaray nesta terça-feira, no Turk Telekom Arena, em Istambul. O time massacrou a equipe do brasileiro Felipe Melo e, no segundo tempo, apenas administrou o jogo. Ao contrário do confronto contra o Anderlecht, quando permitiu o empate depois de ter três gols de vantagem, mostrou eficiência fora de casa.

O primeiro gol saiu logo aos 2min, quando Podolski recebeu passe de Ramsay pela esquerda e bateu cruzado com força para surpreender o goleiro Bolat. A vantagem aumentou apenas oito minutos depois, fruto de um vacilo do Galatasaray, time que esteve longe de fazer boa apresentação.

Após bola roubada no meio-campo, o contra-ataque do Arsenal evoluiu rapidamente até chegar a Ramsey, que recebeu pela esquerda da área, carregou a marcação e bateu cruzado para fazer o segundo gol. Ele ainda marcou o terceiro, um golaço: aproveitou sobra de escanteio para, de fora da área, mandar chute forte bem no ângulo do Galatasaray.

Com a missão cumprida – dois gols e uma assistência – o jogador deixou o gramado aos 10min do segundo tempo para dar lugar a Niles. O time então foi mais cauteloso, talvez com a lembrança do tropeço contra o Anderlecht na cabeça, e administrou o placar na etapa final. Sneijder, com gol de falta, descontou apara o Galatasaray, já aos 43min, mas Podolski fez mais um nos acréscimos, e fechou o placar. Enquanto isso, o Borussia Dortmund foi confirmando a liderança do Grupo D da Liga dos Campeões.

Em recuperação de um crise que chegou ao deixá-lo na última colocação do Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund confirmou a primeira colocação com mais um tropeço: 1 a 1 contra o Anderlecht, no BVB Stadium, em Dortmund. O time abriu o placar com o italiano Ciro Immobile, aos 12min do segundo tempo, mas um vacilo de marcação da zaga permitiu gol de empate de Mitrovic, aos 39min.

 

Com informações do UOL

Comentários

comentários