Secretário de Finanças de Riachão do Jacuípe pede exoneração

Após a saída do vice-prefeito Francisco Carneiro (PT) em novembro deste ano, mais um aliado deixa a gestão de Tânia Matos (PDT), prefeita de Riachão de Jacuípe, na região metropolitana de Feira de Santana. O secretário de Finanças, Carlos Matos (DEM), anunciou nesta terça-feira (9) que pedirá exoneração e voltará para a Câmara Municipal ainda em dezembro. “Se eu fosse prefeito eu teria uma aceitação bem diferente, porém a prefeita é Tânia, ela precisa divulgar suas ações”, apontou, em entrevista à Rádio Baiana FM. Matos, que por oito anos foi o único vereador de oposição, representante do grupo político “Matos”, afirmou que não fará oposição ao governo na Casa, mas ressaltou que não fechará os olhos para erros.

Comentários

comentários