Candeias: Mototaxistas fazem manifestação após morte de colega que esperava vaga em UTI

Os mototaxistas realizaram uma manifestação no centro da cidade de Candeias na tarde desta sexta-feira (7), por conta da morte do colega, Diogo Nogueira de Arruda Silva, de 30 anos.  Com faixas e cartazes, os manifestantes fecharam a pista que dá acesso a Rua Dois de Fevereiro. O trânsito ficou congestionado na região.

Diogo Nogueira morreu na noite dessa quinta-feira (6), no Hospital Ouro Negro onde estava internado desde domingo (2) e aguardava por uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da Central de Regulação. As causas da morte ainda são desconhecidas. De acordo com informações dos mototaxistas, Diogo passou mal no sábado (1º) e chegou a ser atendido na unidade de saúde. No domingo, ele voltou dar entrada no hospital e foi mantido internado na unidade até ontem.

Foto: reprodução-facebook

Em nota, a Secretaria de Saúde do município informou que o Hospital Ouro Negro está sob intervenção judicial e que a Central de Regulação é de competência do Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde do Estado.

Prorrogada por mais 180 dias pela Justiça Federal, a intervenção foi uma das medidas tomadas pela justiça em julho de 2016, após denúncias de irregularidades na gestão da unidade, administrado pelo então Centro Médico Aracaju.

Diogo foi enterrado na tarde de hoje no Cemitério Recanto da Saudade. Bastante emocionados, familiares e amigos acompanharam o sepultamento. Ele era casado e deixa uma filha de um ano.

 

Comentários

comentários