Ouvidoria registra 195 reclamações no Carnaval

Com informações do Metro 1 ( Foto: Reprodução)

A Ouvidoria Geral do Município (OGM) recebeu 195 reclamações durante os seis dias do Carnaval 2018. De acordo com a corporação, o número teve uma queda de 19% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 242 queixas.

Ja os pedidos de informação e de solicitações teve um aumento em 78%. No ano passado foram registrados 1.488 requerimentos, enquanto neste ano saltou para 2.653.

Durante o período da folia, a Ouvidoria contou com 30 agentes nos principais circuitos e pelo Fala Folião 156. Umas das estratégias de comunicação utilizadas para promover maior aproximação com o público foi a mochila “pirulito”, que trazia um suporte com a frase “Posso Ajudar?”.

Nos dias de festa, foram realizados 13.515 atendimentos, dentre os quais 6.974 (51,6%) foram sobre demandas rotineiras da cidade e 6.541 (48,4%) referentes ao Carnaval. Os elogios foram o segundo maior motivo de acesso à ouvidoria, com 2.408 registros, atrás apenas das informações e orientações, que tiveram 2.653.

Os órgãos mais demandados foram a Empresa Salvador Turismo (Saltur) com 4.129 registros (63,12%), a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) com 783 demandas (11,97%), a Superintendência de Trânsito (Transalvador) com 684 (10,46%), a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) com 428 (6,54%) e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) com 254 (3,88%).

No quesito orientação, foram solicitadas informações gerais sobre os circuitos e distribuição de material informativo, horário dos trios, acesso aos circuitos, e às arquibancadas e aos camarotes.

Comentários

comentários