Camaçari: Defesa de Juliana Paes afirma que saída de secretária foi uma escolha

Com informações do BN/Foto: Bahia no Ar

A defesa de Juliana Paes negou que a ex-secretária de Desenvolvimento Urbano (Sedur) de Camaçari teria sido afastada nesta segunda-feira (9). De acordo com o advogado da ex-secretária, Eduardo Porto, “a saída de Juliana Paes da Sedur foi a pedido e não tem nenhuma relação direta com as acusações”. O advogado também afirmou que Juliana não é formalmente investigada. No final do ano passado, a chefe da pasta foi acusada de de exigir propina para liberação de imóveis no município da Região Metropolitana de Salvador (RMS). Sobre o assunto a defesa definiu a acusação como “frágil e precária”. “Após uma desastrosa investigação do Ministério Público, houve uma denúncia que foi rejeitada integralmente duas vezes pela Justiça, antes mesmo da fase inicial de recebimento, demonstrando que não passou de uma acusação”, destacou Eduardo Porto.

Comentários

comentários