PSB planejava gastar R$ 40 milhões para eleger Joaquim Barbosa

Com informações do Folha de S. Paulo/ Foto: André Dusek/AE

O PSDB foi pego de surpresa pela decisão do ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que desistiu da candidatura à Presidência da República. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, o partido já estava contratando quatro assessores para auxiliar o ex-ministro na missão. E planejava gastar entre R$ 30 milhões e R$ 40 milhões para tentar elegê-lo.

Para Barbosa, este pleito não irá mudar o Brasil. “Não acredito que esta eleição mude o país. O Brasil tem problemas estruturais gravíssimos, sociológicos, históricos, culturais, econômicos”, disse em entrevista ao jornal Valor Econômico.Barbosa disse temer que a escolha do novo mandatário brasileiro aprofunde as desigualdades sociais. “Meu temor é que os grupos que são indiferentes a isso vão se unir para dominar esse processo eleitoral. Se uniriam contra mim, não tenho dúvidas.”

Comentários

comentários