Santo Amaro: descarte de produto em fazenda causa problemas de saúde aos moradores

Com informações do Bocão News ( Foto: Reprodução)

Os moradores de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo da Bahia, estão preocupados com o descarte de um líquido nas estradas e em uma fazenda no distrito do Jambeiro. Além do forte odor que toma conta da região por causa do produto, algumas pessoas já sofrem com dores de cabeça constante, sangramento no nariz e tonturas.

De acordo com a denúncia, vários caminhões estão descartando o líquido diariamente no local. A grande preocupação dos moradores é quanto à contaminação do solo freático e dos rios, pois, segundo a denúncia, os responsáveis pelo descarte estão construindo valas que dão acesso ao rio e alguns animais também já começaram a apresentar feridas na pele por conta do contato com a água contaminada.

“Na estrada, quando estava chegando, dentro do carro, eu já estava sentindo um forte odor,  já incomodando o meu nariz, imagine quem precisa passar por ali de bicicleta, a cavalo, é um risco de gerações […]  Essa vala quando descer vai contaminar o rio e os animais lá debaixo bebem a água. São pessoas que vivem da terra, cuidam dos seus animais, têm uma roça. Em longo prazo vai prejudicar muitas pessoas”, explicou o denunciante.

À reportagem, a prefeitura de Santo Amaro da Purificação explicou que está ciente do que está acontecendo e, por conta das denúncias dos moradores, mesmo sendo uma propriedade privada, a Secretaria de Meio Ambiente fez uma inspeção no local e constatou que não traz malefício à população, do ponto de vista técnico.

A prefeitura informou, também, que o material não está sendo descartado na fazenda, ele está sendo manipulado, pois no local funciona uma empresa de adubo. “A prefeitura não tem como intervir porque eles estão dentro da lei. É uma empresa de fertilizante, de adubo de gado natural”.

Comentários

comentários