Tia Eron nega objeção por Irmão Lázaro em chapa: ‘PRB faz política de grupo’

Com informações do BN ( Foto: Reprodução)

A deputada federal e presidente estadual do PRB na Bahia, Tia Eron, não coloca objeções ao nome do também deputado federal, Irmão Lázaro (PSC), como pré-candidato ao Senado na chapa encabeçada por José Ronaldo (DEM) para a eleição deste ano. Questionada se ela aceitaria o representante do PSC na disputa, ela afirmou ao Bahia Notícias que “o PRB faz política de grupo” e que acataria eventuais nomes de outros partidos que fossem colocados pelo DEM.

Nesta terça (5), o pré-candidato a deputado federal pelo PRB e ex-chefe de gabinete do prefeito ACM Neto, João Roma, apontou que a legenda não vai criar dificuldades para ceder uma vaga na chapa majoritária e disse que o nome de Irmão Lázaro é bem visto na legenda. “A questão não é de fazer questão [de ter vaga na chapa]. A questão é de consciência. O PRB sabe tamanho que tem. O prefeito ACM Neto por isso mesmo pensou no nome da vereadora Ireuda”, comentou Tia Eron. Márcio Marinho, também pré-candidato a deputado federal pelo PRB, já declarou que o PRB deve ser o único representante evangélico na chapa .

A postura criou um clima de disputa com o PSC – também evangélico -, que tem no deputado federal Irmão Lázaro um interessado em ser candidato ao Senado. Apenas José Ronaldo, como pré-candidato ao governo e Jutahy Magalhães, como pré-candidato ao Senado, foram confirmados na chapa majoritária que reúne DEM e PSDB na Bahia. Portanto, falta ainda escolher o segundo pré-candidato ao Senado e o pré-candidato a vice-governador.

Comentários

comentários