Com ministros divididos, STF deve discutir reajuste para Judiciário nesta quarta

Com informações da Folha de S. Paulo

A proposta de reajuste de 12% para o Judiciário deve ser discutida durante reunião administrativa dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (8). Atualmente, eles estão divididos quanto à inclusão do subsídio na proposta de reajuste que será encaminhada ao Congresso Nacional.

Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, um grupo defende o aumento, que teria impacto anual de R$ 3 bilhões, sem contrapartidas. Já uma outra ala quer que o reajuste seja condicionado ao fim do auxílio-moradia e outros benefícios pagos pelos tribunais estaduais e a uma reforma da magistratura. Contrária à concessão do reajuste, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, submeteu a decisão ao colegiado.

Comentários

comentários