Camaçari: Moradores fazem manifestação contra ação policial que deixou adolescente ferido

Com informações do G1-BA/ Foto: Ivair Silva / Arquivo Pessoal

Os moradores da Rua Direta de Jauá, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, realizaram uma manifestação contra uma ação policial que terminou com um adolescente de 16 anos baleado, na manhã desta segunda-feira (3). Conforme a Polícia Militar, a vítima foi socorrida para o Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas.

De acordo com a PM, os populares atearam fogo em pneus por volta das 11h45. O Corpo de Bombeiros foi acionado, apagou o fogo e os policiais liberaram a pista. O protesto terminou às 12h50.

Segundo a Polícia Militar, moradores da região informaram que o motivo do protesto seria uma troca de tiros entre policiais militares e suspeitos de trafico da região que deixou o adolescente ferido. Conforme os moradores, o jovem baleado não tem relação com o confronto. Não detalhes do estado de saúde dele.

Em nota, a PM informou que uma equipe da 59ª CIPM realizavam rondas na localidade do Alto da Bela Vista, em Jauá, quando foi recepcionada a tiros por homens. Os policiais revidaram e os suspeitos fugiram.

Ainda de acordo com a PM, após o confronto, os policiais encontraram a vítima ferida no local e socorreram.

Comentários

comentários