Candidato ao Senado pelo PSDB, ex-governador Beto Richa é preso

Com informações do Metro1 ( Foto: Reprodução)

Candidato ao Senado e ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) foi preso, na manhã de hoje (11), em Curitiba. A esposa do tucano, Fernanda Richa, e Deonlison Roldo, que é ex-chefe de gabinete do ex-governador, também foram presos. Ele está em segundo lugar na disputa por uma cadeira da Câmara Alta do Congresso, de acordo com as últimas pesquisas.

As três prisões são temporárias, com validade de cinco dias. O tucano é alvo de duas operações: uma realizada pelo Ministério Público do Paraná, pela qual foi preso, e outra da Polícia Federal, em uma nova fase da Lava Jato.

Comentários

comentários