Região Metropolitana: Balanço aponta redução em crimes violentos

    O percentual de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) registrados nos municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS), apresentou redução de 14%, em relação ao primeiro semestre 2017, de acordo com os dados divulgados pelo subcomandante da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp RMS, capitão Fabrísio Cunha. Os  dados apontam que os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), que englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. “O comparativo do primeiro semestre de 2018 com o primeiro semestre de 2017, a RMS apresentou redução de em CVLI em 14%”, afirmou o capitão, em entrevista à Baiana FM.

    Em relação a 2018, segundo o subcomandante, as ações desenvolvidos pela unidade policial efetuaram 225 conduções a DP, 17 prisões em flagrante, 25 adolescentes e 70 armas de fogo foram apreendidas. “Efetuamos 225 conduções a DP, 17 prisões em flagrante, 25 adolescentes foram apreendidos. Apreendemos 70 armas de fogos nas diversas cidades na RMS. Estamos quase atingindo a quantidade de armas apreendidas no ano passado que foram 83 armas. Recuperamos 35 veículos. Existe também o cometimento de crime com simulacro de arma de fogo que no caso foram 9 ocorrências registradas nesse sentido. A incidência de crime envolvendo o tráfico de drogas temos 95 ocorrências onde foram apreendidas maconha, 68 ocorrências com apreensão de cocaína e 65 ocorrências com apreensão de crack”, disse.

    O subcomandante destacou também integrado entre as Polícias Civil e Militar têm auxiliado no combate ao crime. “Nós vemos algum tempo com a política de integração entre as unidades policiais, A Polícia Civil, Militar e DPT [Departamento de Polícia Técnica] sempre vem trabalhando de maneira integrada e próxima. tanto é que os resultados que vem sendo obtido ao longo dos tempos têm demonstrado o sucesso desse tipo de política”, ressaltou.

    Comentários

    comentários