Obras de pavimentação e sistema de abastecimento são entregues pelo governador Rui Costa

(Foto: Paula Fróes/GOVBA)

Os 43 quilômetros da BA-172 que ligam os municípios de Jaborandi e São Félix do Coribe, no oeste da Bahia, foram entregues pelo governador Rui Costa, nesta quarta-feira (9). O investimento na obra, com a manutenção nos próximos cinco anos, estão orçados em R$ 22 milhões, beneficiando mais de 98 mil pessoas da região. Durante a visita a Jaborandi, o governador entregou também a construção do Sistema Simplificado de Abastecimento de Água, na localidade Assentamento Montalvão, na beira do Rio Formoso. O governador visitou ainda as instalações do Colégio Estadual Francisco Moreira Alves, para o qual assinou ordem de serviço para obras de reforma no valor de R$ 266 mil.

Rodovia
”Além desse trecho já recuperado da estrada, nós vamos fazer um acesso da entrada da cidade, bonito, confortável e mais seguro para a população, com uma extensão de três quilômetros. Também iremos fazer parcerias para apoiar a agricultura familiar na região e para continuar levando água tratada para quem mora na sede e nas comunidades rurais do município”, afirmou o governador.

As obras de qualificação na pista ajudam a impulsionar as atividades da agricultura e pecuária local. O produtor Adilson Neves passa todos os dias pelo trecho da rodovia que foi recuperado. “Essa é uma área muito importante para os comerciantes e produtores da região. A gente estava gastando muito com manutenção de carro por conta dos buracos e más condições na pista. O tempo de viagem chegava a ser quase o dobro. Agora está uma maravilha, está um verdadeiro tapete”.

Abastecimento

Com captação superficial feita pelo Rio Formoso, através de flutuante, a obra do sistema de abastecimento contou com um investimento de R$ 120 mil reais. A distribuição é feita por 636 metros de tubulação, levando água tratada para 16 famílias. Para a dona de casa Maria dos Anjos, a obra garante menos uma preocupação com a saúde dos filhos. “A gente ficava sempre com receio de pegar uma doença através da água que a gente bebia antes”, afirmou.

Comentários

comentários