Brigas e ausência da Policia marcam passagem da Pipoca de Kannário pelo Campo Grande

Foto: Alaécio Nascimento

A passagem da pipoca de Igor Kannário foi marcada por brigas e ausência da Policia Militar. O cantor interrompeu diversas vezes a apresentação e criticou a Guarda Civil Municipal.

“Meu prefeito, olhe isso aí. Isso está errado. Segura a onda para a gente fazer o nosso trabalho. […] Tão querendo me boicotar no Carnaval, é?”, protestou o artista-parlamentar, em relação a atuação da Guarda Civil.

Comentários

comentários