Reforma do Hospital Geral de Camaçari é autorizada pelo governador Rui Costa

Foto: Manu Dias/GOVBA

Foto: Manu Dias/GOVBA

A ordem de serviço para reforma do Hospital Geral de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, foi assinada pelo governador Rui Costa nesta sexta-feira (15). da principal zona industrial do estado foi assinada nesta sexta-feira (15). Além das obras, o ato entregou também o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), no bairro Comércio III, e da Academia da Saúde, em Arembep, pelo governador Rui Costa, acompanhado do secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

“As obras começam imediatamente. Já superamos todas as burocracias do processo de licitação e agora as obras começam já em ritmo acelerado. Todas as áreas do hospital serão reformadas. Com a construção da maternidade, nós vamos separar esse ambiente das outras alas do hospital, que muitas vezes é de angústia e de dor. Enfim, são muitos os investimentos do Governo do Estado aqui em Camaçari”, afirmou o governador Rui Costa.

Com uma média de 5 mil atendimentos mensais e 135 leitos de internação, sendo oito da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de outros 39 na emergência, o Hospital Geral de Camaçari (HGC) é referência para moradores de 25 municípios baianos. Com custo estimado de R$ 5,4 milhões, a reforma contemplará diversos setores da unidade, como enfermarias, UTI, centro cirúrgico, centro de recuperação pós-anestésica, emergência adulto e internação pediátrica, que com as melhorias ganhará oito novos leitos.

O hospital conta com um moderno centro de bioimagem, aparelhado com tomógrafo e aparelhos de raio-x. Os serviços do Centro de Diagnóstico por Imagem funcionam em escala de 24 horas para a urgência e emergência, atendem também programação ambulatorial, e são uma das unidades que contam com a Parceria Público-Privada (PPP) de Diagnóstico por Imagem.

“A comunidade vai ganhar uma nova estrutura com capacidade melhor para atendimento. Provavelmente, com esse direcionamento da reforma, a unidade terá um aumento no número de leitos. A população de Camaçari se sentirá ainda mais acolhida com toda essa transformação. E, mesmo com a reforma, o hospital continuará em funcionamento”, ressaltou a diretora do HGC, Maria Del Carmen.

Cerest

O Governo do Estado investiu recursos da ordem de R$1,1 milhão, entre construção e equipamentos, através do programa de fortalecimento do SUS na Região Metropolitana – Prosus, financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. A unidade presta atendimento aos trabalhadores com a realização de consultas médicas ou de acolhimento, além de desempenhar funções de suporte técnico, de educação permanente, de coordenação de projetos de promoção, vigilância e assistência à saúde dos trabalhadores.

Segundo a coordenadora a unidade, Luzineide Pereira, o Cerest é um órgão do SUS e aberto para todo trabalhador, seja formal ou informal. “Os trabalhadores nos procuram por demanda espontânea ou referenciadamente, com alguma suspeita de doença relacionada ao trabalho ou com algum acidente de trabalho, e a gente dá início a uma investigação para estabelecer nexo entre a doença e o trabalho, com fins de prevenção do agravo dessa situação”.

Academia de Saúde

A Academia de Saúde, que funcionará no Loteamento Fontes das Águas, em Arembepe, envolve recursos da ordem de R$ R$ 305 mil, também através de financiamento do Prosus. O Programa Academia da Saúde visa contribuir para a promoção da saúde da população, a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis.

No serviço, são realizadas diversas atividades de promoção à saúde, como ginástica, capoeira, jogos esportivos, yoga, dança, tai chi chuan, entre outros. São ofertadas também práticas artísticas, como teatro, pintura e artesanato, além de atividades de segurança alimentar e nutricional e de educação alimentar.

“Hoje o governador iniciou uma série de inaugurações na área da saúde na região metropolitana. Entre os destaques, temos a construção da maternidade em Camaçari, que será desvinculada do Hospital Geral. Com isso, haverá a liberação de 40 leitos no HGC, que serão transformados em leitos ortopédicos”, explicou o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

Comentários

comentários