Ferryboat terá apenas cinco embarcações durante a Semana Santa

Com informações do A Tarde

O sistema ferryboat vai atuar com cinco embarcações durante o feriado da Semana Santa, que ocorre entre 17 e 22 de abril. Estarão disponíveis os barcos Ivete Sangalo, Pinheiro, Maria Bethânia, Dorival Caymmi e Anna Nery. Os ferries Zumbi dos Palmares e Rio Paraguaçu estarão passando pela docagem, procedimento de reparação.

De acordo com a Internacional Travessias Salvador, que administra o sistema, as saídas dos ferries vão ocorrer em horários regulares, ou seja, de hora em hora, com poucas viagens extras, visto que o número de barcos disponíveis será menor durante o período. Também pelo mesmo motivo, a quantidade autorizada de vagas do serviço Hora Marcada foi reduzida de 30 para 20 nos horários oficiais.

A concessionária abriu 160 vagas extras distribuídas na madrugada (1h e 4h) dos dias 19 (saída de São Joaquim) e 22 de abril (saída de Bom Despacho), visando reduzir o impacto por conta da baixa disponibilidade de embarcações neste período. Ao todo, são 4.855 vagas do serviço Hora Marcada e os que ainda desejam reservar, devem verificar a atual disponibilidade no site da Internacional Travessias. As passagens ficam disponíveis com 30 dias de antecedência.

Durante a Semana Santa, são esperados 12 mil veículos e 88 mil pessoas, considerando a demanda de saída e retorno à Salvador. Em 2018, no mesmo feriado, foram transportados 14 mil automóveis e 99 mil pessoas. De acordo com a ITS, é esperado um movimento maior nos dias 17 e 18 de abril, saindo de Salvador e no retorno, em Itaparica, nos dias 21 e 22.

A travessia é feita oficialmente, das 5h às 23h30, em dias de semana, no sábado, das 6h às 23h30. Já domingos e feriados, as embarcações atuam de hora em hora, com última viagem às 23h30.

A operação da Semana Santa do ferryboat é feito em parceria com órgãos de Salvador e Itaparica, como a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além das polícias Rodoviária, Militar e Civil. As secretarias municipais das áreas de mobilidade e ordem pública também fazem parte.

Comentários

comentários