Índice de mortes em acidentes com moto sobe quase 36% em Salvador

Com informações do Metro1

O número de mortes em acidentes envolvendo motocicletas em Salvador aumentou 35,7% no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2018. Segundo dados da Superintendência de Trânsito (Transalvador), entre janeiro e março de 2019, foram 19 mortos, contra 14 no ano passado.

O aumento na quantidade vai na contramão da tendência apontada pelos dados de mortes no trânsito da capital baiana: o número de mortos caiu de 266, em 2010, para 121 em 2017.
Já a quantidade de acidentes envolvendo condutores de motocicletas teve uma leve redução de 2%, saindo de 642 para 629 ocorrências. Só em 2019, em média, são 20 acidentes de moto por dia na capital baiana.

Os locais com maior volume de acidentes com moto são avenidas como a Luís Viana Filho (Paralela), com 52 casos; Octávio Mangabeira, com 35; e Afrânio Peixoto, a Suburbana, com 26. São vias com limites de velocidade de 80, 70 e 60 km/h, respectivamente.

O maior número de mortes, contudo, foi registrado na Avenida Vasco da Gama, com três casos entre janeiro e março. A velocidade máxima permitida na via é de 70 km/h.

Comentários

comentários