Joceval Rodrigues participa da festa do padroeiro de Salvador nesta sexta-feira (10)

Nesta sexta-feira (10) serão realizados os festejos em homenagem ao padroeiro de Salvador, São Francisco Xavier. As celebrações têm início às 17h com uma apresentação Filarmônica da Polícia Militar em frente à Catedral Basílica (Terreiro de Jesus). Em seguida, acontece a queima de fogos e a entrega da primeira etapa de requalificação dos sinos da Catedral, que são dos séculos 16 e 17. A partir das 18h, vereadores de Salvador farão uma procissão com a imagem de São Francisco Xavier, saindo da sacristia e seguindo para o altar-mor. Por fim, a missa solene será acompanhada pelo coro Barroco na Bahia e do órgão de Tubos da Catedral. A Missa também marca a renovação dos votos de compromisso dos vereadores com a cidade de Salvador. O cortejo contará com a presença do vereador Joceval Rodrigues (Cidadania), que destaca a importância da celebração e afirma que a festa deveria chamar mais a atenção da capital baiana. “A comemoração é importante não apenas por ser um culto religioso, mas também por ser uma festa que nasce com a reivindicação do povo de Salvador. É uma das primeiras manifestações da população local com a Câmara”, disse Joceval. História A festa de São Francisco Xavier é celebrada no dia 3 de dezembro no calendário litúrgico católico. Mas, ainda no período colonial do Brasil, a cidade de Salvador foi assolada pela peste duas vezes. A primeira, em 1686 pela febre amarela e a segunda, pela cólera morbus, em 1855. Como São Francisco Xavier morrera de peste, os jesuítas sugeriram à população implorar a intercessão do santo. O atendimento foi imediato. A peste cessou logo. Houve então um movimento popular que atingiu as autoridades locais (no tempo o chamado Senado da Câmara) e foi dirigido ao papa de então, um pedido para que fosse declarado São Francisco Xavier padroeiro de nossa cidade. Em bula solene, datada de 10 de maio, foi São Francisco Xavier proclamando padroeiro da capital da Bahia.

Comentários

comentários