Justiça determina que Bolsonaro indenize Maria do Rosário em 15 dias

Com informações do Metro1

A 18ª Vara Cível de Brasília determinou, na terça (21), que o presidente Jair Bolsonaro cumpra, em até 15 dias úteis, a obrigação de retratação pública e indenização de R$ 10 mil por danos morais em favor da deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Em 2014, Bolsonaro afirmou que a deputada não merecia ser estuprada porque ele a considera “muito feia” e porque ela “não faz” seu “tipo”.

À coluna de Mônica Bergamo, na Folha, Maria do Rosário afirmou que vai doar o valor recebido para entidades que atuam na defesa das mulheres. Os advogados de Bolsonaro e a assessoria do presidente não se manifestaram.

Comentários

comentários