Ato em dia de protesto contra reformas fecha agências bancárias no centro de Salvador

Com informações do G1/ Foto: Juliana Almirante/G1

0

Bancários fazem um protesto que fechou agências bancárias da Avenida Sete, centro de Salvador, na manhã desta sexta-feira (10). Em algumas unidades, só o autoatendimento está disponível. Em outras, o atendimento está totalmente suspenso.

De acordo com a categoria, o protesto faz parte do Dia Nacional de Mobilização contra a Reforma Trabalhista, que traz mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e começa a valer no sábado (11). Os manifestantes também protestam contra a proposta de reforma da Previdência que tramita no Congresso.

Ainda conforme os bancários, o atendimento deverá voltar ao normal nas agências da região a partir do meio-dia.

Bloqueio e caminhada

Cerca de três horas após as pistas de acesso à Estação da Lapa, na região do Dique do Tororó, terem sido fechadas por integrantes de centrais sindicais e motorista de ônibus, o fluxo de veículos na localidade foi liberado. O ato começou às 6h e terminou por volta das 9h.

Com o término da manifestação na localidade, os ônibus voltaram a entrar na Estação da Lapa, e o fluxo de veículos no Dique do Tororó, sentido Centro, também foi desobstruído.

Apesar da liberação da via, a mobilização dos integrantes da centrais sindicais continuou. Eles saíram da região do Dique do Tororó e seguiram em caminhada rumo ao Campo Grande.

Comentários

comentários