Bolsonaro é condenado por discurso contra quilombolas

Com informações do Bahia. BA ( Foto: Reprodução)

0
Brasília - Deputado Jair Bolsonaro fala com a imprensa sobre ter virado réu no STF, pela sua declaração que "Não estupraria Maria do Rosário porque ela não merece" (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A declaração do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) em relação aos quilombolas, em abril, no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro, lhe rendeu uma multa, de acordo com a coluna de Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Na ocasião, o parlamentar disse que descendentes de negros escravos “não servem nem para procriar”.

O deputado foi condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais. A ação é do MPF e a sentença da juíza Frana Elizabeth Mendes, da 26ª Vara Federal do Rio.

Comentários

comentários