Com saída de Rodrigo Janot, Lava Jato terá ‘rumo correto’, diz Temer

Com informações do BN e Estado de São Paulo/Foto: José Cruz

0

O presidente Michel Temer considera que as mudanças na Procuradoria-Geral da República, que deixará de ser chefiada por Rodrigo Janot e passará a ter Raquel Dodge como titular, vão “dar o rumo correto à Lava Jato”. Raquel Dodge irá assumir o cargo de procuradora-geral em setembro. O presidente atacou novamente a denúncia realizada por Janot contra ele e oferecida à Câmara dos Deputados e o acusou de ter “atuação política”. Para Temer, a denúncia é “pífia e inepta” e “envergonharia qualquer aluno de segundo ano da faculdade de Direito”. Raquel Dodge foi a escolhida de Temer para ocupar o cargo, mesmo não sendo a primeira colocada da lista tríplice elaborada pelos procuradores. “O rumo certo é o cumprimento da lei. Rigorosamente o cumprimento da lei. Não há como descumprir a lei sob pena de criar instabilidade social”, disse Michel Temer em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”.

Comentários

comentários