Em entrevista, Luiz Caetano nega perda de mandato

0

O deputado federal e ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT), se defendeu durante entrevista  exclusiva ao programa Baiana Livre desta segunda-feira (10), das acusações referente a uma ação civil pública movida por aprovados em concurso público realizado em 2010, para o cargo de procurador jurídico.

Na peça, eles alegam que o ex-gestor descumpriu a legislação municipal, que previa a criação de 16 vagas para procuradores, embora foram nomeados apenas seis.  Durante a entrevista, deputado alegou que irá recorrer da decisão. “É um processo em primeira instância. Quando prefeito, realizei um concurso para a para procuradores e aqueles que ficaram na lista seguinte, eu não nomeei e eles entram com uma ação na justiça. O juiz assim entendeu e deu essa decisão que irei recorrer.”, declarou.

Durante a entrevista, Caetano alegou que não houve irregularidades e caso for condenado, a ação não implica na perda do mandato. “Acho que não cabe porque não houve nenhum desvio de dinheiro e nem nenhuma irregularidade. Tenho condições de recorrer, pois confio na justiça. Decisão de justiça se questiona judicialmente. Não tem nada de perda de mandato. O juiz estourou a boca do balão jogando duro” finalizou.

Comentários

comentários