Justiça baiana mantém funcionamento do Juliano Moreira e outros centros psiquiátricos

Com informações do M1 ( Foto: Fabio Arantes/ Secom)

0

A Justiça Federal determinou, na última segunda-feira (23), que os hospitais psiquiátricos da Bahia continuem funcionando. A decisão aconteceu após a justiça deferir o pedido liminar feito pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) e Defensoria Pública da União (DPU), que pediam o não fechamento dos hospitais psiquiátricos Juliano Moreira e Mário Leal, em Salvador, e Lopes Rodrigues, em Feira de Santana.

De acordo com a Justiça, fica determinado também a suspensão dos descredenciamentos dos hospitais e a manutenção dos repasses de verbas. A batalha judicial teve início em setembro, quando a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) anunciou que colocaria em prática a Política de Saúde Mental do Brasil, que prevê a redução de leitos psiquiátricos de longa permanência.

Comentários

comentários