Previdência: Governo promete retaliação a deputados infiéis

Com informações do M1 (Foto:Reprodução)

0

O governo vai endurecer o discurso com a base e adotar a estratégia de retaliar prováveis infiéis à reforma da Previdência.

Segundo o colunista Gerson Camarotti, do G1, os aliados terão que entregar votos se quiserem manter seus benefícios, como indicar nomes a cargos.

De acordo com a coluna, os principais alvos são os postos do segundo escalão, já que o espaço dos partidos no primeiro escalão não deve sofrer grande alteração com a saída, até fim de abril, de ministros que vão disputar a eleição deste ano.

“O governo pode até não ter mais espaço a oferecer, mas tem muito o que tirar”, disse um ministro à publicação.

Comentários

comentários