PT baiano minimiza candidatura do PCdoB ao Planalto

Com informações da Tribuna

0

Assim como em nível nacional, o diretório estadual do Partido dos Trabalhadores na Bahia demonstrou naturalidade com a decisão do PCdoB de lançar a pré-candidatura da deputada federal Manuela D’Ávila (RS) à presidência da República em 2018. É a primeira vez depois da redemocratização que os comunistas apresentam um nome próprio para o governo do Brasil.

Em entrevista à Tribuna, o presidente do PT baiano, Everaldo Anunciação, disse que “ainda é muito cedo” para avaliar que proporções pode tomar a decisão dos aliados históricos. “O PCdoB tem total legitimidade para apresentar sua candidatura, assim como PDT, PSD e qualquer outro aliado. Isso é muito bom para o debate. Temos ainda um ano para dialogar. É uma manifestação natural”.

Everaldo Anunciação avaliou ainda que “não é hora” para o PT pensar em convidar o PCdoB para indicar a deputada Manuela d’Ávila a compor sua chapa, como candidata a vice do ex-presidente Lula. “É precipitado fazer uma avaliação dessas, porque tem um conjunto grande de partidos no nosso arco de alianças. E também não queremos desqualificar a candidatura de ninguém. A deputada Manuela é muito qualificada. É muito positivo. Teremos muito a dialogar. A postura do PCdoB não atrapalha nosso projeto nem o projeto da esquerda como um todo. Pelo contrário, só agrega”, afirmou o líder petista. Ele disse ainda que não acredita que a posição do PCdoB possa ter alguma interferência no apoio que o partido dá ao governador Rui Costa (PT). “Pela fala do presidente do PCdoB na Bahia hoje, eu acho que não haverá mudanças. A decisão deles é de apoiar Rui Costa mesmo”.

Everaldo Anunciação aproveitou a oportunidade para reiterar seu entusiasmo e sua confiança sobre a candidatura do ex-presidente Lula, que pode ser impedido de entrar na disputa se for condenado em segunda instância no processo em que já foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro (de Curitiba) no âmbito da Operação Lava Jato. “Todos nós do PT temos muita tranquilidade sobre Lula se r candidato por um motivo simples: não existe nada contra ele. Não tem prova. Ninguém é condenado sem prova. Há provas contra o senador Aécio Neves (PSDB), por exemplo, e ainda não deu nada. Conta Lula não tem nada. Não tem conta no exterior, não tem prova de que o tríplex (no Guarujá – litoral de São Paulo) é dele. Não tem prova de que o sítio de Atibaia (também em São Paulo) é dele. E nós confiamos na Justiça brasileira”.

Comentários

comentários