Barragem do Sobradinho tem menor vazão em 37 anos e opera com pouco mais de 4% da capacidade

0
Com pouca água, as pedras que antes ficavam submersas agora estão à mostra na barragem do Sobradinho | Foto: Imagem/TV Norte

A Barragem do Sobradinho, no Sertão do São Francisco, chegou à menor vazão desde que começou a operar, há 37 anos. Agora, a capacidade da barragem é de 4%. A informação é da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), responsável pela operação do reservatório. Segundo o G1, a vazão do local – ou seja, a água liberada pela barragem – começou a ser reduzida nesta segunda-feira (9) e continua a diminuir nesta terça-feira (10). Caso a situação estivesse normalizada, a usina Hidrelétrica de Sobradinho teria vazão mínima de 1,3 mil metros cúbicos.

No entanto, devido à pouca água que chega ao reservatório por conta da falta de chuva na cabeceira do São Francisco, em Minas Gerais, e nos afluentes do rio, a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Ibama autorizaram nesta segunda, a redução da vazão para 560 m³/s (metros cúbicos por segundo). A partir desta terça (10), a vazão será reduzida para 550 m³/s. Conforme os órgãos, a diminuição da vazão é por tempo indeterminado. A iniciativa é para conservar a quantidade de água no lago. Caso não haja chuvas, a previsão é que o reservatório pode chegar ao volume morto em novembro.

Comments

comments