A prefeitura de São Francisco do Conde e a Conder assinaram ontem (19) o termo de Cooperação Técnica para o envio de informações para o “Banco de Dados Geoespaciais”. O acordo irá permitir aos órgãos o mapeamento das áreas do município e disponibilizar os dados para consulta.

De acordo com a prefeitura, o município já possui um sistema de geoprocessamento, através do qual foi criada uma base cartográfica, com mapeamento de todo o município. Esses dados foram transmitidos para a Conder que realiza a atualização para disponibilizar as informações no visualizador “Geopolis”.

Por meio desse sistema qualquer cidadão poderá acessar dados e informações acerca do município. “Hoje São Francisco do Conde é a referência em cartografia na Bahia e no Brasil”, afirma Paulo de Tarso, subcoordenador de Cartografia da Conder.

A secretária de Planejamento, Silmar Carmo, explica que “a partir desse trabalho haverá um balizamento para a tomada de decisões mais assertivas e nos lugares onde mais a gestão municipal precisa atuar”.

O trabalho de geoprocessamento faz parte do Plano Diretor de Desenvolvimento do Município (PDDM) que proporcionará a todas as secretarias da administração municipal executar trabalhos com informações detalhadas em diversas áreas.

Comentários

comentários

SHARE