Sem tornozeleira, Marcelo Odebrecht deixa carceragem da PF

Com informações do M1 ( Foto: Reprodução/Globo News)

0

Como previsto, o ex-presidente do Grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, deixou a carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, na manhã desta terça-feira (19), por volta das 9h50 (horário de Brasília).

Ele deve seguir para a sede da Justiça Federal, também na capital paranaense, onde colocará tornozeleira eletrônica, que lhe dará o direito de cumprir o restante da pena para a qual foi condenado em casa.

O equipamento vai monitorar os passos do empresário pelos próximos sete anos e meio – o prazo foi determinado no acordo de delação premiada que ele firmou com a Justiça, em troca de contar o que sabia sobre os esquemas ilegais que as empresas da família dele participaram.

Comentários

comentários