Trabalhadores realizam manifestação na BA-522

0

Um grupo de trabalhadores desempregados realizou na manhã desta quarta-feira (15) um protesto na BA-522, na região do Trevo de Resistência, em Candeias, próximo a Refinaria Lanphulfo Alves. Segundo o Batalhão da Polícia Rodoviária (BPRv), cerca de 200 pessoas estão reunidas no local desde às 6h30. 

Ainda de acordo com a polícia, o grupo está no local protestando por oportunidades de empregos. Eles estão acompanhados por um carro de som. O trânsito flui lentamente no local. “Tivemos uma reunião há 15 dias com a empresa Tecnosonda e ficou acordado que depois do dia 20 de outubro, ia aceitar na contratação dos trabalhadores. Eles começaram colocar pessoas para trabalhar descumprindo o acordo”, disse um dos manifestantes.

Um dos manifestantes afirmou em entrevista ao programa Fala Comigo, da Rádio Baiana FM, que policiais militares chegaram ao local agindo com violência. Algumas pessoas ficaram levemente feridas. “Aqui não tem traficante, só tem pai de família querendo que é o sustento para sua casa. Não entendo essa perseguição do trabalhador. Dá tiro de borracho no trabalhador como pode isso?”

“A polícia coagiu a gente, jogaram bomba de efeito moral. Eles estão querendo bater em todos nós”, afirmou outro manifestante.

“A gente precisa de emprego. A polícia tem agir nos vagabundos. As empresas trazem o povo de fora, mas temos bons profissionais aqui”, gritou uma manifestante.

Os manifestantes se reuniram com representantes de algumas empresas que atuam na Relam para tentar chegar a um acordo.

Comentários

comentários