Candeias: Novo posto de atendimento para biometria será disponibilizado à população

    O novo posto de atendimento para realizar o recadastramento biométrico, em Candeias, na região metropolitana de Salvador, será disponibilizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). A unidade será instalada na sede da Câmara de Vereadores, no bairro do Ouro Negro, nos próximos dias e vai contar com 10 guichês de atendimento para os eleitores.

    A informação foi confirmada nesta sexta-feira (1º), pela presidente da Casa, vereadora Lucimeire Magalhães, em entrevista à Rádio Baiana FM. A medida foi adotada por conta da enorme fila na sede do Fórum Desembargador Ivan Brandão para o recadastramento. Segundo a presidente da Casa, mais 10 funcionários do Poder Legislativo foram disponibilizados para atuar no atendimento dos eleitores candeenses. “Esses 10 kits que foram disponibilizados deverão chegar ainda hoje pela manhã e serão instalados na Câmara. A população também vai poder a biometria na Câmara”, afirmou Lucimeire.

    Para o recadastramento biométrico no município, cerca de 22 kits de biometria e 40 funcionários cedidos pela Prefeitura e Câmara de Vereadores realizam o atendimento dos eleitores. Com a chegada de novos kits, o número de guichês de atendimento passa de 22 para 32. “Estamos com toda estrutura montada na Câmara de Vereadores e estamos aguardando a chegada de mais 10 kits para que a gente possa começar o atendimento também na Câmara”, ressaltou.

    O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, no Fórum Desembargador Ivan Brandão. Segundo o cartório do município, são distribuídas senhas para os eleitores em caso de grande fluxo no local.

    Recadastramento Biométrico

    De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA), dos 62.777 eleitores, apenas 20.725 foram recadastrados biometricamente até a última segunda-feira (14). O número significa que apenas 33,01% do eleitorado da cidade cadastraram as digitais.

    O prazo para fazer o recadastramento biométrico encerra no dia 22 de fevereiro. Para fazer o recadastramento biométrico, o eleitor deve apresentar originais do documento de identidade e comprovante de residência atualizado. A depender do caso, deverá também levar os comprovantes de quitação de multa. O eleitor que não comparecer terá o título cancelado.

    Comentários

    comentários