Protesto e irreverência marcam passagem do Mudança do Garcia pelo Campo Grande

Foto: Alaécio Nascimento

Com o conhecido tom rreverente os protestos da Mudança do Garcia marcaram território no circuito Osmar. A saída na concentração foi por volta do meio dia. Estima-se 200 mil pessoas durante o desfile. Foliões, políticos e moradores do bairro se divertiram na festa que já é realizada há mais de 80 anos.

Os alvos foram Jair Bolsonaro, reformas da Previdência e trabalhista, o mandato do prefeito ACM Neto, o pacote enviado por Rui Costa e aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Também foram lembradas as malas do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Teve ato pró ao ex-presidente Lula e homenagem à Marielle Franco.

O Mudança do Garcia é um dos blocos mais tradicionais e antigos do Carnaval de Salvador. Surgiu em 1959 no bairro do Garcia. A Mudança Do Garcia originou-se com o bloco Arranca Tocos e depois passou a se chamar Faxina do Garcia, antes do nome atual. Há mais de 90 anos, toda segunda-feira de Carnaval mini-blocos e fanfarras levam a alegria e protesto para o circuito Osmar, saindo do final de linha do bairro até o circuito oficial da fola baiana.

Comentários

comentários