Candeias: MP investiga irregularidades na concessão de alvarás de táxi pela prefeitura

Foto: Reprodução/ UPB

0

O Ministério Público Estadual da Bahia (MP-BA), através da 3ª Promotoria de Justiça, investiga supostas irregularidades na concessão dos alvarás para táxis expedidos por meio de processo licitatório e outorgado pela prefeitura de Candeias, na região metropolitana de Salvador. De acordo com o MP, existe uma quantidade excessiva alvarás de táxis no município entre os anos de 2011 a 2016.

De acordo com a investigação, o município conta atualmente com 666 taxistas, sendo 440 cadastrados e apenas 140 exercendo a atividade de taxista no município. A promotoria enviou uma notificação ao Conselho Municipal de Trânsito e Transporte de Candeias (CMTT), recomendando o cancelamento e a suspensão de algumas concessões de táxis. Caso a decisão não for acatada, será aberto um procedimento de inquérito civil para apurar as supostas irregularidades.

Comentários

comentários