Exército pratica plano contra invasões no Planalto

Com informações do G1/ Foto: Divulgação

0
Brasília- DF 18-05-2017 Palaácio do planalto cercado pelo exercito. Foto Lula Marques/Agência PT

O Batalhão da Guarda Presidencial do Exército, que é responsável pela segurança do Palácio do Planalto, ensaiou nessa quinta-feira (18) o plano contra invasões de manifestantes. De acordo com a revista Veja, o “Plano Scooby” tem como objetivo conter invasores que consigam furar os bloqueios e ultrapassar as grades de segurança.

O plano conta com dezenas de militares fardados, além de agentes vestidos de terno, que receberam armamentos como escopetas carregadas com balas de borracha, cassetetes e cilindros portáteis com spray de pimenta. A preparação foi iniciada na noite da última quarta (17) após a divulgação do escândalo envolvendo o áudio em que o presidente Michel Temer autoriza a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Em pronunciamento, o peemedebista negou o crime.

A orientação é de que os agentes utilizem os bastões de baixo para cima ou em estocadas, por conta dos fotógrafos que podem estar registrando o ato. “Não vamos usar o bastão de cima para baixo porque fica muito feio na foto. Vai aparecer na foto de qualquer jeito, mas fica mais discreto”, orientou um oficial à revista.

A tropa de choque do Batalhão da Guarda Presidencial, armada com escudos, capacetes e cassetetes, ficará posicionada em linha ao longo do prédio. Caso algum manifestante tente pular as grades, deverá ser combatido primeiro com spray de pimenta e, se conseguir passar, contido pelos agentes. Soldados fardados armados com munição de borracha estão dispersos em diferentes pontos do palácio.

Comentários

comentários