Tatá Werneck revela que correu risco de morte durante gravação

Com informações do Bahia.BA ( Foto: Reprodução)

0

Tatá Werneck confessou recentemente que levou um susto durante as filmagens da comédia “A Dupla” com Cauã Reymond, em maio deste ano, e chegou a correr risco de morte. Por estar sem descanso, ela ficou debilitada e teve que ser levada às pressas ao hospital.

“Quando a primeira temporada do “Lady night” acabou, eu fui para Vassouras rodar o filme. Começou com uma febre de 37 graus, e, de repente, pulou para 39. O carro da produção estava indo me buscar, 100 pessoas me esperando para filmar e eu suando frio. Mas tenho essa coisa de não parar. Fico doente, mas trabalhando. Só que dessa vez, eu tive que ir para o hospital. Fui parar no CTI, e lá me disseram que se eu esperasse mais uns dias teria morrido porque eu estava com pielonefrite, uma infecção grave, estava totalmente desidratada. Mesmo assim, eu fazia reuniões no hospital. O Rafa [Vitti, namorado] pegava muito no meu pé para eu tirar sangue, para me cuidar. Aprendi um pouco com isso, mas ainda não consigo parar”, disse a atriz ao jornal Extra.

Depois da situação, ela diz que tem se dado um tempo para descansar e afirmou que o seu namorado é um dos responsáveis por isso. “Estou cuidando do meu namoro, mas a verdade é que não tenho tanto tempo livre. O Rafa fala: ‘Por que você trabalha tanto?’. Eu amo! Não tenho pena, é a melhor vida que eu poderia ter. Fico cansada, mas quem não fica? Não tenho direito de reclamar de nada”, contou.

Comentários

comentários