5 apresentadores começam 2015 na base do ‘tudo ou nada

O ano novo traz enorme expectativa para um grupo de apresentadores populares da TV. Alguns negociam o retorno ao vídeo. Outros tentam superar experiências fracassadas. Um desafio une todos eles: se reinventar após muitos anos de carreira para conquistar novo espaço, credibilidade e prestígio na telinha.

Xuxa – A tão propagada transferência para a Record foi apenas boato. A Globo não demitiu a apresentadora. Pelo contrário: a cúpula da emissora quer o retorno de Xuxa ao vídeo, até em função da importância dela nas comemorações dos 50 anos do canal. Perdê-la para a concorrência em data tão importante seria um vexame. A questão é: Xuxa conseguirá se reinventar como apresentadora em um formato realmente interessante?

Gugu Liberato – Fora do ar desde junho de 2013, o apresentador prepara o retorno à Record para fevereiro ou março. Dispensando pela emissora por ser caro demais, ele conseguiu dar a volta por cima e agora é um parceiro estratégico do canal. Sua produtora, a GGP, poderá assumir a realização de outros programas da casa, como o reality A Fazenda. Com sua nova atração, Gugu terá o desafio de mostrar resultado rápido de ibope e faturamento.

Luiz Bacci – Seu programa Tá na Tela durou apenas quatro meses. Vendido antes da estreia como um mix de jornalismo e entretenimento, revelou-se mais uma atração sensacionalista — e nem assim decolou no ibope. O apresentador, apelidado de ‘menino de ouro’, ganhou nova chance na edição nacional do telejornal matinal Café com Jornal. Com a imagem desgastada, ele tentará emplacar na Band o tão sonhado programa noturno de auditório. Mas existe a hipótese de romper contrato e se transferir para o SBT.

Renato Aragão – Recentemente, o humorista teve o contrato renovado por apenas 1 ano. O novo compromisso parece ser muito mais uma atitude de respeito e reconhecimento da Globo do que interesse real em tê-lo no ar. Não há projeto de novo programa. O personagem Didi poderá ser visto em um ou dois telefilmes ao longo do ano. Mais um caso de artista mantido no elenco da Globo em função das festividades do aniversário de meio século da emissora.

Adriane Galisteu – Com passagem por CNT, MTV, RedeTV!, Record, SBT e Band, a apresentadora está fora da TV aberta atualmente. Seu último trabalho foi uma atração no canal pago Discovery Home & Health. Há poucos dias ela manifestou a intenção de conseguir novo espaço entre as grandes redes de TV. É um nome com ótima aceitação no mercado publicitário e pouca rejeição com o público. O problema é que nos últimos anos não encontrou um formato adequado ao seu estilo e que atenda às exigências de audiência da TV aberta.

Com informações do TERRA

Comentários

comentários