Apple lança iPhone 13 em quatro modelos; saiba por quanto eles serão vendidos no Brasil

A Apple apresentou, nesta terça-feira (14), sua nova linha de celulares, composta por quatro modelos: iPhone 13, iPhone 13 mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max. O anúncio ocorreu em um evento on-line, onde a companhia também mostrou novos iPads e um novo Apple Watch.

Sucessores da linha 12, apresentada no ano passado, os IPhones 13 possuem como processador o A15 Bionic, que a Apple alega ser 50% mais rápido que os concorrentes – apesar de não informar quais seriam os celulares alvos de comparação.

Sem data para chegar ao Brasil, os novos telefones já tiveram os preços divulgados:
iPhone 13 mini: R$ 6.599;
iPhone 13: R$ 7.599;
iPhone 13 Pro: R$ 9.499;
iPhone 13 Pro Max: R$ 10.499.

Segundo o G1, o iPhone 13 e o iPhone 13 mini estão muito parecidos com seus antecessores no aspecto visual. A mudança mais notória é que o conjunto de câmeras está na diagonal. Na versão anterior, ficava uma embaixo da outra.

A tela do IPhone 13 continua com 6,1 polegadas, mas estão 28% mais brilhantes. O mini tem as mesmas características, apenas mudando o tamanho da tela para 5,1 polegadas.

A Apple assegurou que os usuários terão fotos melhores, especialmente as capturadas em ambientes escuros, pois o sensor principal é capaz de captar mais luz, segundo a marca.

Outra melhoria teria sido feita no sensor secundário, que tira fotos com ângulo mais aberto. Por estar mais veloz, será mais fácil evitar imagens tremidas e será possível fotografar objetos que se movem rapidamente.

A companhia garante que, mesmo com um processador mais potente, tela mais brilhante e compatibilidade com a conexão 5G (presente desde o iPhone 12), os aparelhos terão mais autonomia de bateria. A fabricante diz que o celular deve ficar ligado por uma hora e meia a mais no iPhone 13 mini do que no seu antecessor. O ganho no iPhone 13 seria de duas horas e meia em relação ao iPhone 12.

 

 

Bnews

Comentários

comentários