CBF afirma que não há irregularidade em escalação de zagueiro pelo Sport

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) afirmou, ao ser procurada pelo Sport, que não reconhece irregularidade nas escalações do zagueiro Pedro Henrique.  O posicionamento foi encaminhado por meio de ofício assinado pelo Diretor de Competições, Manoel Flores, e passou pelo Presidente da Federação Pernambucana, Evandro de Carvalho.

Embora o documento tenha veracidade reconhecida, o posicionamento da CBF não tem caráter jurídico. O caso está sendo avaliado pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Nove clubes que disputam o Campeonato Brasileiro da Série A acionaram o Sport na Justiça e o time segue com risco de perder 17 pontos, o que deixaria o Leão da Ilha próximo do rebaixamento para a Série B.

“Entendemos que, no caso específico objeto da presente consulta, em razão da prevalência do REC, pelas razões acima descritas, deve ser considerada a atuação do atleta Pedro Henrique Alves Santana pelo Internacional em cinco partidas no Campeonato Brasileiro da Série A 2021, de modo que não há irregularidade em sua transferência ao Sport Club do Recife”, afirmou a CBF.

O vice-presidente jurídico do Sport, Rodrigo Guedes, comentou o parecer da CBF. “A gente sempre teve a convicção de que não havia nada de errado. Agora temos a ratificação da CBF”, disse.

Comentários

comentários