Vilas Boas diz que aceitaria voltar a comandar Sesab caso PT vença eleição para Governo do Estado em 2022

O ex-secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, afirmou que aceitaria um eventual convite para voltar a assumir a pasta em um cenário no qual o governador Rui Costa (PT) consiga emplacar um sucessor em 2022. A declaração foi dada na última segunda-feira (18), durante entrevista de estreia do podcast “PodZé”.

O cardiologista, e pré-candidato a deputado federal à busca de um partido para se filiar, avaliou que faria isso mais pelo bem do grupo político que integra, do que por vontade própria. “Não vou me negar a ajudar se a decisão do grupo for essa. Mas, repito, acho que a vida tem ciclos e o meu ciclo já terminou”, afirmou.

Vilas Boas deixou o cargo no início do último mês de agosto, após a chef de cozinha Angeluci Figueiredo, do restaurante ‘Preta’, na Ilha dos Frades, trazer a público mensagens de texto nas quais o então secretário a chamava de “vagabunda”.

Durante a conversa, ele  revelou que tentou pedir desculpas à chef de cozinha pessoalmente. Também ao longo da entrevista, o médico se disse “encantado” com a ideia de difundir as bandeiras da descentralização e da regionalização da Saúde para todo o País.

“O que me encanta nesse momento é essa possibilidade de levar essa experiência vitoriosa do governo Rui Costa para todo o Brasil. Continuar ajudando o Governo do Estado, o próximo secretário a trabalhar”, disse.

O “PodZé” é um programa semanal, transmitido pelo Youtube, e comandado pelo apresentador José Eduardo e pelo jornalista Rafael Albuquerque. Para acompanhar os próximos episódios, inscreva-se no canal oficial do BNews na plataforma e ative o sininho para ser notificado quando a transmissão ao vivo começar.

Comentários

comentários