Fé e devoção marcaram a Lavagem do Senhor do Bonfim

Fé e devoção marcaram a Lavagem do Senhor do Bonfim, realizada na manhã desta quinta-feira (14), no Bonfim. O cortejo reuniu milhares de pessoas que percorreu oito quilômetros em direção à Colina Sagrada, na Igreja do Bonfim. Vestidos de branco, devotos tomaram banho de água de cheiro, dançaram, cantaram e renderam graças ao Nosso Senhor do Bonfim – Oxalá para as religiões de matriz africana.

Realizado há 261 anos, a cerimônia foi aberta com a realização de um ato ecumênico, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, com a participação de representantes da Federação Espírita da Bahia, Igreja Batista, Federação do Culto Afro Brasileiro, Hinduísmo e Organização Brahma Kumaris.

IMG-20150115-WA0027

Diversas autoridades políticas participaram do evento, entre elas, o vice-governador João Leão, que representou o governador Rui Costa que não compareceu por conta de problemas de saúde. Para garantir a segurança da festa, o policiamento foi intensificado com o efetivo de 1.672 policiais militares nas ruas em torno do evento.

“Faz parte da vida de uma baiana percorrer todo o trajeto e depois realizar a lavagem. Começamos a nos preparar para o ano seguinte quando a festa acaba. Fazemos tudo com carinho para homenagear o Senhor do Bonfim”, explicou a baiana Eunice Menezes. Já na Colina Sagrada, a festa foi encerrada com a lavagem do adro da Igreja do Bonfim pelas baianas.

Fotos: Elói Corrêa/GOVBA e Jota Brito

Comentários

comentários