Cunha presta depoimento nesta quarta em investigação contra Temer

Com informações do Correio

0

O ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB- RJ) presta depoimento à Polícia Federal, nesta quarta (14), na sede da Polícia Federal, em Curitiba em investigação contra o presidente Michel Temer no âmbito da Lava Jata.

Na terça-feira (13), a defesa do ex-deputado entrou com um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhado ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato, para conseguir o acesso às gravações que fazem parte da investigação contra Temer, antes de ir depor sobre o caso.

No pedido, Cunha solicitou ter acesso ao material de áudio com um prazo de 48 horas de antecedência para que possa montar a sua defesa, além da “readequação da pauta” do depoimento.

As gravações fazem parte das delações da JBS, em que o empresário e dono da empresa, Joesley Batista, gravou o presidente Michel Temer durante uma conversa em uma reunião noturna no Palácio do Jaburu.

Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), no áudio o presidente deu aval para pagamentos a Cunha com o objetivo de convencê-lo a não fechar acordo de delação premiada. Temer nega as acusações.

A PF tem cinco dias, ou seja, até a próxima segunda-feira (19), para concluir o inquérito contra o presidente. O prazo foi estabelecido pelo ministro do STF, Edson Fachin, supervisor do inquérito. Após isso, a PGR poderá oferecer uma denúncia contra Temer, se constatada a existência de provas suficientes, ou solicitar o arquivamento da investigação.

Comentários

comentários