Padre Edson Menezes defende vacinação para voltar Lavagem do Bonfim

Reitor da Basílica do Senhor do Bonfim, padre Edson Menezes, voltou a defender nesta quinta-feira (13) a vacinação contra a Covid-19, em entrevista ao BNews, para voltar da tradicional lavagem.

“Para que isso [volta] possa acontecer é preciso que nós façamos nossa parte, cumprindo os protocolos. Tomando a vacina. Os recursos que todos precisam assumir, precisam fazer”, pontuou.

Nesta quinta, a igreja só abrirá às 18h para a novena e não terá a imagem do Bonfim percorrendo as ruas de Salvador. “Sabemos que a imagem atrai multidões de pessoas, no momento não é aconselhável”, completou.

Em 2021, em virtude da pandemia, a festa aconteceu observando medidas de isolamento e uso de máscaras, sem o tradicional cortejo em direção à Colina Sagrada, no Bonfim – para que a formação de aglomerações fossem evitadas. 

Cancelado

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), oficializou o cancelamento, pelo segundo ano consecutivo, da tradicional Lavagem do Bonfim. “Vai ter uma missa virtual, que o nosso padre Edson, ontem em conversa com ele, combinamos, decisão em conjunto da prefeitura, com a irmandade e a Basílica, que infelizmente, com o aumento de casos, não podemos dar margem e nem contribuir que esses números possam aumentar: pelo segundo ano consecutivo não teremos a Lavagem do Bonfim”, disse.

Em entrevista ao BNews no fim do ano passado, o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sérigo da Rocha, havia anunciado que o modo tradicional das comemorações da festa de Bom Jesus dos Navegantes e do Bonfim não aconteceriam neste ano.

Comentários

comentários