Candeias: Em greve, servidores municipais protestam durante sessão na Câmara Municipal

    Em greve, os servidores do município de Candeias, na região metropolitana de Salvador, realizaram uma manifestação na manhã desta quinta-feira (22), durante a sessão ordinária na Câmara Municipal. Os trabalhadores decretaram estado de greve nessa quarta-feira (21) e pedem 17% de reajuste salarial. Carregando faixas com mensagens de protesto, os profissionais lotaram o plenário Francisco Pedro de Oliveira e em seguida, usaram a tribuna para discutir a proposta e pedir apoio aos parlamentares presentes.

    Uma reunião foi realizada com o prefeito do município, Pitágoras Ibiapina (PP) na última segunda-feira (19), mas terminou sem acordo entre as partes. Além do reajuste, os servidores solicitam a elaboração imediata do plano de cargos e salários e realização de concurso público para provimento das vagas, auxílio transporte e fardamento para todos os servidores, implantação da guarda municipal e mudança de nomenclatura de vigilantes municipais para guarda municipais, incorporação das horas extras, reajuste do auxílio alimentação dos vigilantes, inclusão dos auxiliares de classe no plano de carreira e remuneração dos servidores do magistério, equiparação salarial dos novos professores concursados e risco de vida e auxílio-alimentação para os agentes de trânsito.

    Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores do Município de Candeias (Sisemec), Juscelino Santos, uma mobilização será realizada nesta quinta-feira (22), nas imediações da sede da prefeitura para pressionar o executivo a propor uma nova rodada de negociação. Já a prefeitura alega que “a crise econômica impactou diretamente na queda de arrecadação do município, obrigando o executivo a fazer cortes e enxugar a máquina pública”.

    Comentários

    comentários